Minhas armas para encarar o sol sem medo!

Eu sou beeeeeem branquinha né… Ouvi a vida inteira que eu tinha que cuidar com o sol, passar protetor, ficar debaixo do guarda-sol etc etc… Pouca gente sabe, mas ou filha de paraibana. Pausa para o susto.

Imaginando vocês assim 😛

Sim, toda a minha família por parte de mãe mora em João Pessoa, capital da Paraíba. Todo ano vou pra lá pra ver o pessoal e, claro, curtir as praias, que são maravilhosas! Lógico que, quando estou lá desfilando com meu branquilejo, todos pensam que sou gringa, mas faz parte rs.

Enfim, por influência ou não das minhas origens, adoro praia! Mas sei que preciso me cuidar. Procuro ficar a maior parte do tempo debaixo do guarda-sol e toda besuntada de protetor solar dos pés à cabeça. Já usei muitos protetores. Costumo usar um protetor no rosto e outro no corpo. Hoje estou gostando muito dessa duplinha que vou mostrar pra vocês:

Solar Expertise da L’Oreal FPS 70
O protetor vem numa embalagem de 200ml e custa entre R$ 60,00 – 75,00.

Sim, isso mesmo: FPS 70!!! Já tentei ficar bronzeada, lógico, mas o máximo que consegui foi pegar uma insolação! Hoje já estou super conformada com meu branquilejo e aprendi a amar meu tom gasparzinho. Então, minha maior preocupação mesmo é cuidar e proteger a pele. Tinha o hábito de usar protetor 50 no corpo, mas quando vi esse nem pensei duas vezes e comprei pra experimentar.

No rótulo diz:
– proteção contra danos profundos
– defesa antioxidante
– hidratação intensiva
– toque aveludado
– previne o envelhecimento solar
– ultra leve
– resistente à água
– rápida absorção

O que eu achei: Eu adorei e já virou meu protetor queridinho pra usar no corpo. Já tinha usado outros protetores da L’Oreal e sempre gostei, principalmente da parte da hidratação, mesmo achando meio oleoso. Inclusive essa foi a minha maior e melhor surpresa com o novo protetor: apesar do FPS bem alto, não achei nada oleoso! E a hidratação e cheirinho gostoso típicos da linha Solar Expertise continuam! O protetor seca rápico e a pele não fica grudenta, adorei!

Bem feliz preservando o branquilejo!

A nova linha Solar Expertise tem também protetores com repelente e outros específicos para o rosto. Estes de rosto, além dos outros benefícios, ainda combatem a oleosidade e tem aquela corzinha que eu adoro nos protetores faciais. Fiquei com vontade de experimentar!

Tô querendo experimentar esse!

Anthelios BB Cream da La Roche Posay FPS 50 com cor
O protetor vem numa embalagem de 40g e custa cerca de R$ 60,00

Estou usando ele faz um tempinho já!

Na embalagem diz: gel-creme multibenefícios. Sobre a cor, diz que é universal, ou seja: para todos os tons de pele. Eu, como sou muito clarinha, tenho que cuidar para espalhar bem o produto senão fico com o rosto amarelado rs. Mas na praia não ligo muito não se ficar meio amarelado, acho que dá um ar de ‘bronzeado sem estar’. 😛

A cor é assim
Se espalhar direitinho nem dá pra ver!

O que eu acho: Já faz um tempinho que estou usando, logo, eu gosto! rs. Adoro os produtos da La Roche Posay e com o Anthelios BB cream não foi diferente. Ele uniformiza bem a pele, funciona bem com essa ideia de BB cream e deixa uma corzinha bonita na pele. Principalmente na praia, quando não costumamos usar base, acho que a escolha de um protetor solar para o rosto com cor é ótima! Outra coisa legal é que, como o Anthelios BB cream é um gel-creme, ele não é oleoso, então a pele fica bem sequinha. Uso na praia e no dia a dia também!

Ah! É importante lembrar que, além de escolher o protetor solar ideal para sua pele, tem que aplicar direitinho e usar a qantidade certa. Fiz um post sobre isso, com a supervisão de uma dermatologista. Para ler, é só clicar!

Outra coisa: além da pele, os cabelos exigem cuidados especiais para proteger do sol. Vou fazer um post sobre isso!

E vocês, já usaram algum desses protetores? Qual o protetor solar preferido de vocês?

Anúncios

Não basta usar protetor solar, tem que saber COMO usar!

O câncer de pele é o tipo de tumor que mais atinge a população brasileira, sendo responsável por cerca de 25% dos cânceres diagnosticados no país, sabia disso? Pois é, o assunto é sério mesmo! Como sou muito branquinha e cheia de pintinhas, aprendi desde cedo a importância do protetor solar e, graças a minha mãe, uso protetor no rosto diariamente desde os meus 10 anos ou menos. Hoje, além do rosto, uso sempre também no pescoço e mãos.

Atualmente estou usando esses dois:

No rosto: Anthelios BB Cream La Roche Posay, FPS 50

Como é um ‘gel-creme’, não é muito oleoso e tem uma corzinha que já funciona como base no dia a dia.

No corpo: Idéal Soleil, da Vichy, FPS 50

Fácil aplicação, seca rápido, além de hidratar a pele e ter um cheirinho bem agradável.

Pois então, o protetor solar é o grande aliado na prevenção do câncer de pele, porém, apesar de vivermos em um país tropical com alta intensidade de raios solares, 62% dos brasileiros não usam protetor. E, dentre os que utilizam o produto, apenas 25% utilizam o protetor solar de forma correta, garantindo a proteção. Ou seja: não adianta apenas usar o protetor solar, tem que saber a forma correta de usar!

Mas então… Existe uma forma correta de usar protetor solar?
Sim, existe! O primeiro ponto a ser observado é a textura do produto, que deve ser escolhida de acordo com o seu tipo de pele. Para pessoas com pele oleosa, recomenda-se formulações em gel ou sérum. Já quem tem pele seca deve evitar o gel para não evidenciar o problema.
O fator de proteção solar (FPS) indicado para o seu tipo de pele também deve ser levado em consideração. Formulações em creme são mais estáveis e conseguem carregar um FPS maior, acima de 50. Já o gel e o sérum, pela leveza dos componentes utilizados em sua formulação, dificilmente conseguem um FPS acima de 30. Uma boa alternativa para quem não abre mão do gel é usar o ‘gel-creme’, uma formulação intermediária que possibilita uma proteção mais alta.

Como escolher o FPS?
O FPS indica quantas vezes mais a sua pele está protegida do sol com a utilização do produto em relação à pele sem proteção. O número do FPS recomendado para a média dos brasileiros é o 30, mas se a sua pele for muito clara ou se você já teve algum tipo de problema de pele, esse número pode ser 60 ou mais. Da mesma forma, peles morenas e negras podem utilizar FPS entre 15 e 20. Maquiagens com FPS funcionam bem para reforçar a proteção, mas não devem substituir o protetor solar. Consulte seu dermatologista para saber o tipo de proteção mais indicada para você.

Capriche na aplicação do protetor!
Para garantir a proteção indicada na embalagem, é importante que a aplicação do produto seja feita de forma correta. Os cremes podem ser espalhados com movimentos circulares das mãos, já os filtros em gel devem ser aplicados em sentido único para não esfarelar. O spray deve ser borrifado generosamente sobre a pele para garantir a cobertura, mas não deve ser espalhado com as mãos. A aplicação incorreta do protetor prejudica a cobertura do produto e pode expor algumas áreas do corpo a queimaduras.

Passar muito ou pouco protetor?
Afinal, é melhor passar uma camada grossa e criar uma barreira maior contra os raios ou uma camada fina de protetor para facilitar a absorção do produto? Quem nunca teve essa dúvida? Pois bem, a quantidade de protetor aplicada também deve ser observada para garantir a eficácia.
Para o rosto e pescoço, deve ser aplicado o equivalente a uma colher de chá de protetor solar. A mesma medida para a parte da frente do tronco, outra para a parte de trás do tronco e para cada braço. Para a parte da frente de cada perna, deve-se usar uma colher de sopa de protetor e a mesma quantidade para a parte de trás de cada perna. Seguindo essas indicações, o ideal é que seu protetor solar dure, no máximo, três finais de semana.

Posso aplicar o protetor quando chegar na praia?
Essa pergunta é velha, mas muita gente acaba fazendo isso… E não, não pode. Quer dizer: não deve se você quiser se proteger. A primeira aplicação de protetor solar é a mais importante para criar um filme homogêneo de proteção sobre toda pele. Ela deve ser feita em casa, sem roupas, com o corpo seco (sem transpiração) e a pele limpa.
Espalhe bem o filtro e espere secar antes de vestir a roupa. Lembre-se de aplicar o produto também no dorso dos pés, mãos, nuca e orelhas. A reaplicação do protetor deve ser feita a cada duas ou três horas, dependendo do local em que você estiver e da sua transpiração. Após entrar na piscina ou no mar, o indicado é se enxugar com a toalha e reaplicar em seguida o produto no corpo todo.

Para uma proteção eficaz, além da utilização correta do filtro solar, o uso de chapéus, roupas e outras medidas protetoras são altamente recomendadas. Sempre que possível, evite exposição ao sol entre 9h da manhã e 15h da tarde, períodos em que os raios solares são mais intensos e prejudiciais à pele. E o mais importante: visite periodicamente seu dermatologista. Quando o assunto é saúde e beleza, a prevenção é sempre o melhor remédio!

Médica consultada: Priscila Allem – Dermatologia